IRCE e o Ponto de Pivô de Varejo

O maior desafio (e oportunidade) que os varejistas enfrentam hoje pode caber na palma de suas mãos – O Smartphone.

O desafio que vemos é duplo: há mais de um bilhão usuários de smartphones em todo o mundo exigem uma experiência e um serviço de m-commerce que rivalize com o que eles obteriam pessoalmente, mas há uma falta chocante de agentes de atendimento ao cliente equipados para lidar com essa demanda.

Um pivô fundamental ocorreu no setor de varejo. A nova economia de varejo não é mais apenas alavancar o interesse e as transações do cliente na loja e online. Trata-se de monetizar as interações com os clientes em todos os canais e mídias. Se você não fez sua pesquisa ultimamente para determinar onde estão seus clientes, você já está anos atrás. É mais essencial agora do que nunca que os varejistas entendam os padrões de compra de seus clientes e tenham uma equipe de agentes para abordá-los. Eles podem estar perdendo grandes fluxos de receita de canais aos quais não teriam pensado duas vezes.

Nesta semana IRCE, estamos antecipando uma conversa interessante sobre o Pivot Point do Varejo – desde uma palestra do presidente da comScore, Gian Fulgoni, sobre as formas como os consumidores estão comprando hoje e o que será necessário para os varejistas conquistarem sua fatia da carteira do consumidor, até a tendência de “maximizar a eficácia de tecnologias interativas e plataformas de mídia social que evoluem rapidamente e capacitam o consumidor”. Esses dois tópicos apenas aumentam a urgência de os varejistas da Internet agora migrarem (ou irem além) do comércio eletrônico para o comércio multicanal. Os smartphones colocaram todos os canais de comunicação possíveis nas mãos do cliente, incluindo telefone, e-mail, bate-papo, redes sociais e, claro, SMS, mas os varejistas ainda estão focados nas interações com os clientes na loja e no site. Estes não devem ser desconsiderados, mas sim integrados em uma estratégia e abordagem multicanal. É hora de pensar diferente. A questão é, você está pronto?

A boa notícia é que, com a tecnologia de nuvem certa e a equipe de serviços de agente, você estará. Nosso portfólio de tecnologias e serviços de atendimento ao cliente baseados em nuvem permite que as marcas vejam além do “carrinho de compras” como o único canal para gerar receita. Estamos criando mais oportunidades de monetização por meio do crescimento das interações sociais, móveis e multicanal com os consumidores, e temos uma equipe de mais de 20,000 agentes terceirizados independentes baseados nos EUA para apoiá-lo.

Quer saber mais sobre como os principais varejistas, como Ideal Living, Tristar Products, Telebrands e o principal site de aluguel por temporada aceleraram o crescimento da receita, melhoraram a experiência do cliente e ficaram à frente da concorrência? Programação do dia uma reunião conosco no IRCE esta semana ou passe no estande #212.

– Marty Beard, Presidente e CEO

Imagem cortesia de bplanet em FreeDigitalPhotos.net.