Como manter uma força de trabalho global engajada

O envolvimento dos funcionários pode significar muitas coisas diferentes, mas para a diretora de recursos humanos da Lifesize, Gayle Wiley, é definido como quanta paixão você tem pelo seu trabalho, o compromisso emocional que sente pela sua organização e o que os objetivos da empresa significam para você. A verdade é que pessoas engajadas são motivadas e são capazes de realizar um trabalho extraordinário. Eles vão além de seu dever, e isso não passa despercebido.

Neste episódio do Lifesize Live!, conversamos com Gayle enquanto ela compartilhava algumas dicas e truques sobre como manter uma força de trabalho global engajada, mesmo que esses escritórios estejam espalhados pelo mundo.

Quando se trata de criar uma força de trabalho engajada, o primeiro passo é recrutar pessoas que não apenas se alinhem com a cultura da empresa e tenham o conjunto de habilidades certo, mas também aquelas que trabalham e jogam bem juntas. Também é importante ter fortes valores da empresa porque é isso que cria a personalidade de uma organização.

Outro fator importante para garantir que os funcionários estejam engajados é ter líderes fortes para orientá-los. Desde fazer as perguntas certas e realmente se importar com o que eles querem ganhar com sua empresa até reconhecer uma ótima ética de trabalho e dar a eles funções que alavancam seus pontos fortes pessoais, tudo contribui para desencadear a lealdade e o engajamento da empresa. Em suma, o que mantém a força de trabalho de uma organização engajada e apaixonada pelo trabalho que está fazendo é garantir que suas vozes sejam ouvidas, tenham constantemente a oportunidade de aprender e crescer e estejam imersos em uma cultura da empresa que os ajuda a fazer o melhor deles.

 

Quer mais dicas, truques e histórias sobre o que torna essa indústria tão boa? Sintonizar Tamanho de vida ao vivo! todas as terças e quintas de manhã às 11h CST.